[ editar artigo]

Geração Y e Z representam 75% da força de trabalho no mundo

Geração Y e Z representam 75% da força de trabalho no mundo

Em 15 de julho se celebra o Dia Mundial das Habilidades Jovens. A data foi proposta pela Organização das Nações Unidas (ONU) que acredita que os jovens são os principais agentes da mudança para que o mundo se torne um lugar melhor nos próximos anos, e no mercado de trabalho eles têm ganhado cada vez mais espaço.

Segundo pesquisa da consultoria Deloitte, no ano de 2020, 75% do mundo do trabalho foi composto pela Geração Y ou Millennials (nascidos entre a década de 1980 e 1990) e Geração Z ou Digital (nascidos após a metade da década de 1990 até os dias de hoje).

A Rottas Construtora e Incorporadora faz parte da boa estatística pois contrata jovens. Eles ocupam a grande maioria das vagas formais na empresa: 42% dos funcionários têm idades entre 20 e 25 anos e 66% entre 20 e 30 anos; e eles estão em todos os departamentos da empresa: RH, financeiro, jurídico, novos negócios, marketing, comercial, relacionamento com o cliente, operações, engenharia, projetos, gestão e qualidade, TI, incorporação, suprimentos, orçamentos, planejamento e assistência técnica. 

“Nós gostamos deste perfil porque jovens estão em um momento de vontade de aprender e colocar em prática o que aprenderam na formação. Eles têm muito brilho nos olhos e a vontade de contribuir verdadeiramente com os processos. Pelo momento de mercado, também trazem agilidade para o nosso negócio”, explica Maria Tereza dos Santos, coordenadora de Gente da Rottas.

Segundo ela, a empresa também preza pela construção de carreira, que só é possível com os jovens. “Além da energia, jovens talentos acrescentam mais criatividade e capacidade de solução na organização. A presença jovem também melhora o desempenho na gestão de talentos e colabora com a diminuição do conflito entre gerações no trabalho”, assegura.

Programa de Trainees
Para consolidar o apoio ao jovem, pela primeira vez em 12 anos a Rottas implementou o Programa de Trainees como uma estratégia para o time de gestores captarem pessoas capacitadas e com vontade de crescer. A alternativa resultou em um total de 840 candidatos concorrendo a quatro vagas. O número é um feito e representa uma média 210 candidatos por vaga de trainee.

Para o CEO da Rottas, o engenheiro Paulo Rafael Folador, por meio do programa a construtora é capaz de acompanhar de perto o desenvolvimento de futuros líderes e apresentar a eles formações específicas que podem complementar as suas habilidades.

“Ao contratar um jovem, você precisa estar flexível para uma intensa mudança em sua empresa. É um novo olhar e uma nova perspectiva no ambiente, pois eles são movidos por desafios e experiências”, afirma o CEO.

Para ele, os jovens talentos se adaptam mais rapidamente às mudanças, além de estarem na faixa etária mais produtiva e dispostos ao aprendizado.

“Construindo equipes engajadas, constatamos um rápido desenvolvimento das habilidades necessárias para enfrentar os desafios do mercado em fornecer programas inovadores, e o jovem está disposto e se esforça para sair na frente e isso está no DNA da Rottas", arremata Folador.

5 benefícios em contratar jovens talentos

  1. Novo olhar sobre processos e posicionamento de mercado
  2. Força de trabalho engajada com a cultura da empresa
  3. Habilidade com tecnologia
  4. Facilidade com adaptações
  5. Agilidade

 SOBRE A CONSTRUTORA ROTTAS

A Rottas Construtora e Incorporadora foi fundada em 2010 pelos engenheiros Paulo Folador e Mario Augusto Stresser, com a proposta de oferecer qualidade, planejamento e compromisso com as obras. A empresa acumula um portfólio com mais de 5 mil unidades habitacionais entregues e 260 mil m² construídos, com atuação em Curitiba e Região Metropolitana, Londrina, Ponta Grossa, Guarapuava e Joinville, em Santa Catarina. www.rottasconstrutora.com.br

 

Empreendedores Sociais
Ler conteúdo completo
Indicados para você